(062) 3100-5632      contato@tumiespacoclinico.com.br    |   

Como é composta a anatomia do cérebro?

Como se desenvolve o cérebro?

O cérebro é um dos órgãos mais sofisticados e complexos do corpo humano. Pesa aproximadamente 1,5 kg, o que representa apenas 2% do peso do corpo. Ainda assim, recebe cerca de 25% do sangue bombeado pelo coração e de toda a energia vital. Nossa massa cinzenta se desenvolve de baixo para cima e de trás para frente. Explica-se: quando ainda somos um embrião, primeiro é criada a coluna vertebral a partir da base e, em seguida, formam-se as estruturas que compõem a caixa craniana, de trás para frente.

Do que é formada a caixa craniana?

A caixa craniana é composta pelo tronco encefálico (responsável pelo controle da respiração, digestão e batimento cardíaco); pelo sistema límbico (região central do cérebro, responsável pelas emoções e comportamentos sociais) e, por fim, envolvendo toda a estrutura, o córtex (substância cinzenta que contém o corpo celular do neurônio). Se considerarmos que o desenvolvimento cerebral se dá de trás para frente, a parte mais recente dessa estrutura é o córtex pré-frontal, região mais nobre e complexa do cérebro, localizada na testa. É a região responsável pela nossa força de vontade, autocontrole, capacidade de planejamento, etc.

Como essa zona é desenvolvida por último, nos adolescentes ela é bem primária - por isso é que eles são tão impulsivos. Quando viramos adultos e essa estrutura já está fortalecida, podemos trabalhá-la para mudar ou adquirir novos hábitos mais facilmente.  Ter essa região bem desenvolvida é o que nos difere dos animais, se ela sofrer alguma lesão, o indivíduo pode perder a capacidade de julgamento e planejamento.

Qual o papel do cerebelo na estrutura cerebral? 

Há também uma quarta estrutura cerebral importante: o cerebelo ou “pequeno cérebro”, como diziam os cientistas de séculos passados. O cerebelo contém metade dos neurônios e faz a conexão entre o tronco encefálico e o córtex cerebral. É uma estrutura fundamental nos movimentos voluntários e na coordenação motora, além de ter função essencial no tato, na visão e audição. Lesões nessa região dificilmente são revertidas, pois comprometem a movimentação, reduzindo o tônus muscular, as mudanças posturais, marcha, equilíbrio, etc. O cerebelo se divide em três partes: hemisfério direito, hemisfério esquerdo e o vérmis, que liga as duas massas laterais.

Os hemisférios cerebrais são simétricos. O esquerdo controla o pensamento lógico, as habilidades comunicativas e o lado direito do corpo. Já o direito responde pelo pensamento simbólico, pela criatividade e pelo lado esquerdo do corpo. 

O cérebro sem dúvida é o órgão mais misterioso e interessante do corpo humano - não apenas pela enorme gama de funções, mas também pela destreza com que realiza todas elas. Sua capacidade de renovação é tão grande que, mesmo quando tem uma área lesada, outra região próxima começa a exercer a função perdida, se for estimulada - é o que a medicina chama de neuroplasticidade. Uma prova de que nosso cérebro está sempre em desenvolvimento.

Fonte: Medical Site

31 de Outubro de 2019

Agende sua consulta!
Leonardo Rocha Carneiro García Zapata - Doctoralia.com.br