(062) 3100-5632      contato@tumiespacoclinico.com.br    |   

Dor neuropática: é possível tratá-la?

A dor neuropática é uma dor crônica que ocorre quando há danos ou ferimentos em um ou mais nervos do Sistema Nervoso Central e/ou periférico.

Ela está dividida em dor mononeuropática, quando somente um trajeto nervoso é acometido pela doença e a dor é bem localizada, afetando um lado do corpo ou de determinada região (como perna ou face); e dor polineuropática, quando vários nervos são afetados e a dor acontece de forma generalizada atingindo, por exemplo, todo o tronco, braços e pernas ao mesmo tempo.

A dor neuropática acomete cerca de 10% da população, pode ser incapacitante e estar presente todo o tempo ou variar, apresentando quadros de crises.

Os sintomas principais incluem:

·         Queimação

·         Agulhadas

·         Choques

·         Formigamento ou adormecimento

Ela é, geralmente, causada por vírus ou bactérias que afetam o sistema nervoso, acidentes/traumas, diabetes mellitus, alcoolismo e deficiência nutritiva. O tratamento varia de acordo com a causa e o estágio em que a dor se encontra. Para alguns casos, pode ser necessário tratamento cirúrgico no nervo, na medula espinhal ou até mesmo no cérebro.

O objetivo é sempre curar a doença, mas, se não for possível, o foco será o alívio dos sintomas. Ao controlar a dor, o paciente recupera a autonomia sobre sua vida, retomando suas atividades diárias e melhorado a autoestima. Procure ajuda médica!

Fonte: Medical Site

03 de Dezembro de 2020

Agende sua consulta!
Leonardo Rocha Carneiro García Zapata - Doctoralia.com.br