(062) 3100-5632      contato@tumiespacoclinico.com.br    |   

Cirurgia para o aneurisma cerebral

O que é?

O aneurisma cerebral é caracterizado por uma dilatação que se forma na parede enfraquecida de uma artéria intracraniana. A pressão sanguínea dentro dessa artéria acaba dando origem a uma espécie de bolsa que cresce lenta e progressivamente. Com o tempo, a parede vai ficando cada vez mais fina e o rompimento com sangramento intracraniano pode acontecer.

Os aneurismas costumam ser assintomáticos, a manifestação mais evidente acontece em episódios de ruptura seguidos de sangramento. É uma emergência médica, que começa com uma dor de cabeça forte e súbita, podendo terminar em perda de consciência. Trata-se de uma doença grave, que afeta de 3 a 5% da população e oferece poucas chances de sobrevivência. Mesmo na sobrevida, há grande probabilidade de sequelas limitantes, que comprometem a qualidade de vida.

A cirurgia

A indicação cirúrgica leva em conta critérios como tamanho do aneurisma e o estado geral de saúde do paciente, pois o risco da cirurgia deve ser sempre menor que o risco do aneurisma em si.

O procedimento consiste em fechar a porção mais estreita do aneurisma para excluí-lo da circulação sanguínea, preservando a artéria que o nutre. Ou seja, coloca-se um clipe metálico entre o vaso normal e o aneurisma, para facilitar a passagem de sangue. Esse procedimento pode ser realizado de maneira aberta (craniotomia) ou fechada (embolização endovascular). A primeira perfurando o crânio para chegar ao cérebro, já a segunda introduzindo um microcateter pela virilha, guiando-o até o aneurisma. A craniotomia é um procedimento considerado bastante seguro e eficaz, mas a embolização permitiu uma abordagem terapêutica eficaz e segura, associada a menores taxas de morbidade e mortalidade.

No entanto, a escolha entre as opções deve ser feita de forma multidisciplinar. E se houver contraindicação para a cirurgia, a pessoa precisa manter um controle rigoroso da pressão arterial, não fumar e evitar esforços físicos.

Fonte: Medical Site

02 de Janeiro de 2020

Agende sua consulta!
Leonardo Rocha Carneiro García Zapata - Doctoralia.com.br